Dos verbos de ligação, só permaneça.

24/09/2009 at 5:42 am (Uncategorized)

Então.
Quando não se assossega de modo algum, ainda hão de existir as palavras, os cafés e os cigarros. Madrugada dos semi-vivos.

Não é pra compartilhar, nem educar, é só pra mim – vou me permitir ser egoísta mais uma vez, obrigada.


Não é pra me revelar, nem me acomodar. Nada me acomoda. Escrever é um martírio, sentir é um penar. Não se satisfazer é pesaroso.
E se o diabo do mastercard comprasse a felicidade, eu já teria sido feliz por um dia, só pra reclamar da monotonia no seguinte.

Brinca comigo; que, por mais que eu ria, tudo é muito sério demais.
Tudo é cinza e generalizar sempre está errado.
E eu não peço, não espero e não quero metade;
– tenho uma mania infantil de assustar quem gosto, pra ver até onde iremos, ou o quão louca eu posso transparecer sem que isso prejudique.
Eu me prejudico, pura estima curta e autodestruição.
Pois é corrida contra o tempo, contra mim – até onde eu consigo ir sem destruir tudo; sem desistir?
Explico a “menos valia”: vamos mostrando o pior, o que vier, se torna inexoravelmente menos ruim que o que se mostra.
(Mas eu sei piorar e sei pender pro mal.)
Bebo demais, fumo demais. Muito intransigente, por vezes mandona, autosuficiente, a carência fica no bolso. E sem limites. Pra sempre.
E, Deus!, como eu perdi o romantismo.

“No caminho incerto, achei o que amedronta
para meus mares, rios, estradas, viagens.
Perca-me num sussurro, uma afronta!
É arriscado invadir quem se tem miragem.

Tudo por bem, meu bem, sei demais.
De mim, daí, guardei pelos dias sem sorte.
Posso provar (agora) que sem teus sinais
perdi o fio, rima; vida sem norte.

É que só um cigarro não mata, um passeio fadiga;
um abraço é tão pouco, a hora tão rápida.
A vida fatalista, um beijo não arrebata.

Ou eu que não me contento, não finjo, invento
e sobra um oceano querendo ser dito.
O querer de quem tem, mas agride e fere – porque não falo sentimento.
Sem eternidade, por hoje e amanhã; ‘inda assim, infinito.”


Rigidez de sonetos me limita. E eu prefiro tudo assim, transcendental.

“Procuro a solidão
Como o ar procura o chão
Como a chuva só desmancha
pensamento sem razão
Procuro esconderijo
encontro um novo abrigo
como a arte do seu jeito
e tudo faz sentido
calma pra contar nos dedos
beijo pra ficar aqui
teto para desabar
você para construir”
(Ana Cañas – Esconderijo)

E Caio, que me faz apaixonar a cada frase: “(…) e eu não tive tempo de dizer que quando a gente precisa que alguém fique a gente constrói qualquer coisa, até um castelo.”

“Por te falar eu te assustarei e te perderei? Mas se eu não falar eu me perderei, e por me perder eu te perderia.” –  Sempre visceral, só mesmo Clarice.
Anúncios

80 Comentários

  1. Adriana said,

    Eu sempre me impressiono quando vejo como tu escreve bem, nem é novidade. Mas esse aqui, me permito até um palavrão, caralho… tá muito foda(ok, dois).
    Apesar de eu gostar mais quando tu estás mais animadinha, brindando e tal. E esse aqui tá beeem melancólico…

    [Cigarros e café pra nós, porque eles sempre permanecem.]

    Beijo-beijo

  2. Tirana said,

    “Brinca comigo; que, por mais que eu ria, tudo é muito sério demais.
    Tudo é cinza e generalizar sempre está errado.
    E eu não peço, não espero e não quero metade;
    – tenho uma mania infantil de assustar quem gosto, pra ver até onde iremos, ou o quão louca eu posso transparecer sem que isso prejudique.
    Eu me prejudico, pura estima curta e autodestruição.
    Pois é corrida contra o tempo, contra mim – até onde eu consigo ir sem destruir tudo; sem desistir?”

    Porque somos parecidíssimas e isso nem é mais novidade.

    Me dei conta hoje que romantismo não combina comigo tb. (Mentira! Eu já sabia, mas adoro brincar de me enganar…)

    Coisas aconteceram, acontecem e acontecerão – tu sabe.

    “(…) e eu não tive tempo de dizer que quando a gente precisa que alguém fique a gente constrói qualquer coisa, até um castelo.”

    Maca, a questão é: vale a pena construir a porra de um castelo pra depois numa cuspida derrubarem? Sei lá, talvez eu ainda prefira o meu barraquinho já sem esperanças…

    Ou não. Porque eu estou totalmente do avesso. E sim, ando com medo do que penso e sinto. Preciso de férias de tudo e todos. Deve ser isso.

    Bisous.

    Tua,
    Tira.

  3. Igor said,

    Mais uma vez me rendo aos seus textos!minha poeta do não romantismo,consegue como ninguém traduzir em papel nossa vidas,secas e cheias de reviravoltas como em uma roda gigante misturando sentimentos,o que será que a vida nos reserva?tenho certeza de que estamos na mesma roda,então diz pro tio tocar essa porra que nós precisamos andar
    PS:eu juro que estava melhor o post,mas deu erro e eu tive que reescrever!

  4. Lia said,

    Gosto de você assim; se permitindo e me precisando.
    Excelente texto, por sinal.

    “Sem eternidade, por hoje e amanhã; ‘inda assim, infinito.”

    Um beijo.

  5. Sophia said,

    Engraçado ler uma coisa tão pessoal, com uma interferência tão visceral e tão deslocada de nós.

    Escrevi o poema “9:30” pra vc, obviamente, e vc sabe disso tb.. pq nosso 9:30 está congelado, e só nós e mais ninguém interessa nele, o inferno é aqui! Rio demais quando vejo palpites erroneos que não entendem nem metade do mundo real. Do nosso mundo real, pq só nós somos reais. a subversidade alheia é o mais irreal e ilusório. Por isso funciona. Pq nós temos a capacidade de nos perdemos quando perdemos umas as outras.

  6. Jhê said,

    amiga… vc está sumida!
    vem tomar um café comigo?
    ps: esse visual tá lindo

  7. eu said,

    cliche essa coisa de cigarros morangos e cafe..

  8. eu disse said,

    Ela se acha a ”cool” coitadinha…

    Ridicula…

  9. Sophia said,

    iiiiiiiiiiiiiii.. olha um revolt ae.. ahuHAUHuahuHA.. o bom é assim, causar tudão! Isso q dá faz carão na noite e deixa as “gossips” nervosas! bjs amore! meu e de anna..

  10. Rafael said,

    Me desculpa “Querida” eu não sou da laia de vocês então eu não entendo certos termos como “revolts”, “causar”, “tudão”,”carão”,”gossips”… Mas pelo teor de sua mensagem percebi que ela está carregada de arrogância. Mas enfim é perca de tempo ficar digitando algo para alguém que utiliza termos desse calão… Vai lá com a sua amiguinha (que além de não ter coração fica ai pagando de cult, coitada.) assistir “The L Word” e recitar versos (tirado da internet, lógico) da Clarice Lispector ao som de Evanescence… -_-

    Ah, Anna, para com isso de ficar mandando fotos beijando a namoradinha para a pessoa que no passado (eu disse no PASSADO, pois ainda bem que ela não sente mais NADA, vou frizar mais uma vez: NADAAAAAAAAAA!!!!!, NADINHA por você) morreria e faria qualquer coisa pela sua pessoa. Você não tem noção da garota maravilhosa que você com toda a sua infantilidade jogou no lixo. Enfim, deixe a minha amiga em paz, pois ela está muito bem sem você.

    ***Eu escrevi tudo isso que eu escrevi por minha conta não foi a mando de ninguém. Só para constar…

  11. Adriana said,

    Rapaz, fica quieto que, pelo jeito, tu não tem noção do que se passa/se passou.
    E só pra constar, é “perda” de tempo.

  12. Lia said,

    Eu ri.

  13. Sophia said,

    Pois é.. ainda bem que quem tem que entender entende meu bem.

    Se ela é tudo isso que você diz esquece a menina. Cada um viva o que tem que viver. E se ela faz tais coisas deixe que faça sozinha, ou converse com ela, não precisa expor ninguém a briga de vocês. Até pq se ela tem amigos, é pq algo de certo ela faz, infelizmente pelo que vejo não foi o caso com você.

    Respeito é mutuo. Quando todos os lados esquecerem, tudo corre bem.

  14. Sancley said,

    Nossa, realmente, isso aqui tah O ‘fervo’ ( para o amigo ali que não entende de gírias, fervo quer dizer que estão ocorrendo muitos acontecimentos).

    Nossa, o incrível é… sua amiga está tão ‘bem’ como você diz, que você se doeu ao ponto de vir comentar ( infelizmente ) aqui no blog da Anna! Acho que você não deveria se meter aonde não lhe cabe se intrometer, e medir as palavras com as pessoas que você mal conhece!

    ps: Nossa, você falou tão cheio de si quando disse que não é ” da laia de vocês ” e que ” não entende certos termos ” que achei que seu português fosse um pouco melhor. Perca ao invés de Perda, é algo que dói muito mais aos olhos do que uma simples gíria, que serve pra facilitar a comunicação das pessoas. bom meu caro, é isso… acho que você deveria se preocupar em fazer um cursinho de gramática, ler um livro, ou qualquer coisa e deixar a vida das pessoas que não lhe interessam de lado. resumindo, Viva a sua vida e se meta com os Seus amigos!

  15. Sancley said,

    ps²: É isso que dar ter amiga “Pop”

    kkkkkkkkk

  16. dani said,

    nunca gostei da Anna mesmo e ainda bem que estou em solo europeu, senão iria ate o RJ pra falar umas boas na cara dela pq ela merece isso

    façam bom proveito dessazinha ai

  17. dani said,

    ‘Eu escrevi tudo isso que eu escrevi por minha conta não foi a mando de ninguém.’ 2

  18. jacinto pinto de jesus said,

    se eu não tivesse adotando meu terceiro sobrinho na somália eu juro que ia até niterói só pra enfia uns cigarros sabor morangos acafezados no meio da rosca dela.

    tudo que eu escrevi foi por minha vontade, pode acreditar, levei uma tarde e meia de domingo inventando. haha, na sua cara, anna bisca.

  19. Adriana said,

    Gente, é muito ódio no coração. Esse aí não é de Jesus nem fodendo.

  20. Débora said,

    A Anna é uma vaca pessoas: Vacanna!

  21. Débora said,

    se eu não tivesse adotando meu terceiro sobrinho na somália eu juro que ia até niterói só pra enfia uns cigarros sabor morangos acafezados no meio da rosca dela.(2)

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  22. Torcida do Flamengo said,

    Já comi!

  23. Euzinha da Silva said,

    Te Quiero Puta

  24. Chuck Norris said,

    comi e não gostei.

  25. Lilith said,

    A anna é tão profunda que toca a minha bunda ;D

    Adoro rimar ^^

  26. Ronaldo said,

    brilha muito no corinthians.

  27. Xuxa said,

    é o meu jeitinho.

  28. Regina Duarte said,

    Eu tenho medo.

  29. He-man said,

    Pelos poderes de Greyskull!

  30. Robin said,

    Santa gargalhada, Batman.

  31. Fred Flintstone said,

    Yabadabadooooo!

  32. Nazaré Tedesco said,

    Gostosa! Alemanzona! Incrível como o tempo só te valoriza.

    Seus flageladozinhos otários, trocaram a irmã por um sorvete, ninguém derruba essa raposa loura e felpuda.

  33. Raquel said,

    O Sangue de Jesus tem poder!

  34. Edilberto said,

    Abalou Bangu!

  35. Dona Jura said,

    Né brinquedo não!

  36. Viviane said,

    Anna, Te dedico.

  37. Caco Antibes said,

    Cala a boca, Magda!

  38. Bebel, minha pima said,

    É uma bisca sim, mas uma bisca di catiguria.

  39. Maxwell said,

    Ela balança mas não para.
    Tchagundjungundja.
    Balanaça mas nunca para.

  40. Sandy Leah said,

    Esse turu turu turu aqui dentro, que faz turu turu quando voce passa.

  41. Paris Hilton said,

    Para mim, ela ficou com medo de atuar ao lado de uma pessoa tão ilustre como eu.

  42. Hebe said,

    A gente se diverte e o Silvio ainda paga para estarmos aqui.

    Gracinha!

  43. Sasha said,

    Eu até comentaria, mas tenho que fazer uma sena com a cobra.

  44. Silvio Santos said,

    Má má oe, Anna, vem pra cá!

    Me diga, é solteira, casada ou tico-tico no fubá?

  45. Angélica said,

    vou de táxi, 1bj.

  46. Silverchair said,

    Please die Anna…

  47. Clarice Lispector said,

  48. sancley said,

    Please die Anna…[2]

    MORRI

    aoiuaoiuoiauoiauoia

  49. Anna said,

    Ai, peidei! Estou inspirada…

  50. Anna said,

    Eu sou a reencarnação de Clarice

  51. Clarice Lispector said,

    ¬¬

  52. .... said,

    Tão profunda que tornou-se viciada em supositórios

  53. Cigarro said,

    Ela não vive sem mim

  54. Nelson Rodrigues said,

    Bonitinha, mas ordinária.

  55. Os Caçadores said,

    Se me ver agarrado com ela, separa que é briga. Tá ligado?

  56. Copélia said,

    Prefiro não comentar…

  57. Los Hermanos said,

    “Oh Anna ‘Ligiaaaaa’…”

  58. Tom Jobim said,

    “Eu nunca quis tê-la ao meu lado”

  59. Lady Gaga said,

    No, she can’t read my poker face.

  60. Britney said,

    Ops, I did it again.

  61. Chico Buarque said,

    Joga pedra na Anna! Ela é feita pra apanhar, ela é boa de cuspir.

  62. Dicionário Aurélio said,

    s.f. Fêmea do boi. / é aquele tipo peculiar que cheira a intelectual, tem ares de intelectual, veste-se como um intelectual, anda como um intelectual… Porém, é apenas um infanto-juvenil que se presta apenas a sair decorando frases e máximas (aforismas), procurando a oportunidade certa para cuspi-los em um círculo social, causando impressão a todos ao redor. / É vazia, mas quer parecer profunda como o teu ânus. Na maioria das vezes, é recheada de jargões acadêmicos, teorias batidas que até a minha empregada conhece em linhas gerais vendo Caminho das Índias. / Fig. Pessoa ou coisa de que se tira proveito continuadamente. / Bras. Pop. O mesmo que vaquinha. / Bras. Chul. Mulher devassa, leviana; mulher de seios grandes e caídos. // Vaca fria, v. VACA-FRIA.

  63. Literatura said,

    Nunca fomos apresentada…

  64. Fofa said,

    “Não é pra compartilhar, nem educar, é só pra mim – vou me permitir ser egoísta mais uma vez, obrigada.”

    Pelo menos reconhece o egoismo.

  65. Guess who said,

    viva o egoísmo!

  66. sancley said,

    gente, isso aqui tah QUASE um twitter! AIOUOAIUOIAUIOA

  67. Joana, a francesa said,

    CARALHO, eu vou morrer de tanto rir. E o troféu melhor criatividade vai para: Literatura; ….; dicionário aurélio;

    E confirmo o que Nelson Rodrigues afirmou.

  68. Joana, a francesa said,

    Clarice se revira em seu tumulo, e gofa, com classe

  69. Rita de Cássia said,

    Joana, amiga! Você por aqui?!

  70. Teresinha said,

    Joana, Rita; amigues, quanto tempo!

  71. Kelly Chave said,

    me ganhou com esse jeito de menine

  72. Batoré said,

    Áh, para Ô.

  73. Carrpicho said,

    é nessa dança que meu boi balança. vaca.

  74. Anna said,

    Sou extremamente culta, inteligente. Me visto de maneira fuckin’ stylish e tenho gostos excelentes. Odeio MTV e tudo que toca no rádio. Amo o underground.

  75. Soraya said,

    Puta, é Puta mesmo. Vadia dos infernos

  76. fátinha said,

    Você é desprezivel

  77. suruba said,

    enfia o master card no rabo égua velha!

  78. Naugila said,

    essy blogue ‘e’e’e’ o cumnulo do uncool, sai deza videh meininehh!

  79. parangole said,

    a annaletion tion a annaletion tion

  80. cabaço said,

    ela me perdeu…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: